Uma semana de Sam – dia 7

A primeira vez que vi Ella foi em uma festa na casa de uma amiga. Ela tentava conversar com algumas pessoas e a vi contando uma história absurda sobre ter crescido em uma ditadura e ter viajado anos até chegar aqui. Uma história cheia de furos narrativos, mas ela contava com tanta convicção e sua audiência era formada por bêbados, então acho que convenceu alguns.

Ela parecia bastante deslocada, olhava com atenção para um quadro feio da sala quando decidi que seria legal da minha parte se apresentar para ela. Eu tentei puxar conversa, mas não recebi nenhuma recíproca, ao mesmo tempo em que avistei uns amigos que não via já há algum tempo, então nossa interação foi bastante breve.

Mais tarde naquela mesma noite lhe perguntei se ela se importava de posar para mim. Ela relutou um pouco, mas no final até tirou a blusa, como pedi. Apontei a câmera, ela tapou o rosto, cliquei. Preparei-me para o próximo clique, mas ela voltou a se vestir. Pedi para que ficasse, mas ela  insistiu que precisava ir.

Devia estar achando que ia virar abóbora ou que ets viriam  buscá-la se não fosse.

Ella é meio esquisita.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s