Manhã

Aquela era uma manhã que parecia final de tarde. Parecia que já tinha sido, que já bastava. Acabada. Final.

Ontem já não estava mais lá, e o amanhã nunca chegava.

Aquela manhã sofria por antecipação e por retardo, com medo do futuro e angustia do passado. Aquela manhã, quando acabou, já não existia mais fazia um tempo.

A tranquilidade ás vezes é tão aflitiva.

cavalo

, Ella A.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s